Não há lei no país que obrigue as construtoras a permitirem ao proprietário conferir a qualidade do imóvel quando o mesmo fica pronto. Mas, ainda assim, a vistoria virou tradição para apartamentos adquiridos na planta.

Mas nossa pergunta é: quais pontos checar ao pegar as chaves do apartamento novo?

Confira a resposta no artigo que criamos para ajudar vocês na hora realizar a vistoria do seu novo imóvel.

 

Qual é a importância do laudo de vistoria de imóvel?

Antes de explicarmos quais são os pontos essenciais que devem ser observados no imóvel, vamos deixar bem claro que o principal objetivo do laudo de vistoria está em documentar detalhadamente e com rigor técnico o estado do imóvel.

No momento da inspeção, deve ser feita uma análise minuciosa de todo imóvel, tanto internamento quanto externamente. Nesta análise será vistoriado os sistemas elétrico e hidráulico, as portas, janelas, os forros, os telhados, revestimento, pintura e pisos.

É fundamental que o laudo seja reconhecido formalmente pelo vendedor e comprador. Isso deve ser feito no ato do contrato de compra.

Agora que esclarecemos a importância do laudo de vistoria de imóvel, vamos para as dicas!

 

Tenha o Memorial Descritivo em Mãos

Para começar a vistoria de forma certa, tenha o memorial descritivo em mãos. Desta maneira você conseguirá checar se todos os materiais aplicados seguiram as especificações.

 

Revestimentos da parede, do piso e dos rejuntes

– Parede: confira se a mesma possui rachaduras, o estado dos azulejos, se todas as áreas estão devidamente revestidas, se faltam peças, se existem diferenças na cor dos azulejos e das cerâmicas.

– Piso: observe se há defeitos na cerâmica e nos tacos, se existem manchas, mofos, buracos, falta de peças ou peças soltas, entre outras imperfeições.

– Rejuntes: verifique se não há falhas ou falta de rejuntes em algum local.

 

Esquadrias

Avalie de forma criteriosa as janelas e portas, verifique se não existe danos como arranhões e pinturas danificadas. Mas o principal, teste tudo! Abra e feche as portas e exija a entrega de todas as chaves.

Se não for época de chuva, acreditamos que você não conseguirá presenciar algum vazamento nas esquadrias, nossa dica é fechar todas as venezianas e verificar se há algum ponto em que a luz passe com maior intensidade. Caso isso aconteça, tome providencias, pois na época de chuva, este problema pode gerar algum vazamento.

 

Elétrica

Confira se todos os interruptores, tomadas, pontos de luz, de antena de TV, telefone, entre outros estão nos locais corretos. Todos os circuitos estão no quadro de luz?

Caso o medidor de energia ainda não esteja instalado, é importante deixar claro no relatório de check-list da construtora que as instalações elétricas não foram verificadas porque a energia ainda não estava funcionando.

 

Hidráulica

Confira se todas as torneiras e os ralos especificados no projeto foram entregues. Também abra as torneiras e cheque se a água escoa corretamente. No banheiro, aperte a válvula de descarga dos vasos sanitários, reparando na pressão e na quantidade de água e também em possíveis vazamentos.

Finalizando a checagem hidráulica, acione todas as torneiras e descargas ao mesmo tempo para verificar a pressão da água. Se estiver baixa, questione o técnico que acompanha a vistoria.

 

Pintura

Caso existam manchas ou falhas na pintura, solicite a correção. Para não haver erros, fotografe os pontos que devem ser corrigidos e compare na próxima revisão.

 

Vaga de garagem

Muitos clientes não fazem isso, mas, com a ajuda de uma trena, cheque se a distribuição das vagas de garagem é igual à prometida e se nada atrapalha seu veículo.

 

Com essas dicas você terá uma ótima noção sobre o que fazer na hora de vistoriar seu novo imóvel. Caso ainda tenha dúvidas, chame um profissional, ele terá a experiência fundamental para fazer a inspeção. Além disso, contará com o auxílio de equipamentos que identificam, com mais precisão, determinados problemas.

 

Gostou desse artigo? Aproveite e visite os outros materiais que criamos exclusivamente para você!