Na hora de reformar ou construir a sua casa, uma dúvida certamente aparecerá: qual piso comprar? Uns optam pelos mais baratos, outros pelos mais caros, mas independente do preço é necessário pensar na aplicação e no custo-benefício que essa escolha trará. Saber a diferença de pisos é essencial para fazer a melhor opção.

Por exemplo, não é aconselhável comprar o mesmo tipo de piso para todos os ambientes da casa. Na área externa como uma varanda, o piso precisa ser mais resistente ao tempo como chuva, sol, poeira e outros, e por segurança, não ser tão liso e escorregadio.

Quer fazer a melhor escolha? Então, veja abaixo as principais diferenças de pisos e o que fazer para mantê-los intactos por mais tempo.

Cerâmica

Um dos tipos mais pedidos nas lojas, o piso de cerâmica pode ser encontrado em várias texturas, preços cores e outras características. É bastante versátil, pois pode ser aplicado tanto em áreas internas, quanto em áreas externas.

Para aumentar a duração deles e também a beleza, é preciso seguir algumas regras na hora de fazer a limpeza. Primeiro, é preciso identificar se a sua cerâmica é esmaltada ou não. A primeira opção costuma ser mais resistente.

Na hora de limpar, fazer uma mistura de 5 litros de água para 1 colher de sopa de detergente. Passe um pano úmido e, em seguida, um pano seco para evitar manchas.

Laminado de madeira

Quer um ambiente mais aconchegante e rústico? Os laminados de madeira são a melhor opção.

Existem opções de piso flutuante, em que é colado por cima do contrapiso. Eles ficam assentados sobre um tipo de manta e possuem um sistema de encaixe do tipo click, ficando presos ao chão por meio de rodapés colados.

Na hora de limpar, use uma vassoura de cerdas macias ou um esfregão de microfibra para evitar arranhões. Compre produtos específicos para pisos laminados de madeira.

Prefira sempre madeira reflorestada e ajude o meio ambiente.

Mármore

Uma das opções mais caras do mercado, mas que, sem dúvida alguma, conferem maior elegância ao ambiente é o mármore. Ele é mais utilizado para ambientes internos, pois não é muito resistente à abrasão ou mudanças climáticas.

Para limpar, evite utilizar qualquer tipo de produto de limpeza, pois ele causa manchas. A melhor opção é passar um pano úmido em água quente.

Piso vinílico

Uma opção para quem deseja o visual aconchegante da madeira, mas não deseja gastar com isso é o piso vinílico, produzido com resina de PVC. Ele oferece estampas que imitam a madeira e uma instalação com sistema de click. Esse tipo de piso possui um bom custo-benefício e é indicado apenas para áreas internas e de pouco tráfego de pessoas.

Para manter o brilho, é importante limpar com frequência, removendo a poeira com uma vassoura. Use um pano úmido com água e detergente neutro na proporção de 5 litros de água para 1 colher de sopa de detergente.

Porcelanato

Um dos tipos de piso mais pedidos nas lojas por causa da sua beleza e durabilidade. Além dos tipos mais comuns de porcelanato — semi-polidos, polidos ou rústicos — você também pode escolher os porcelanatos digitais. Eles possuem um polimento de melhor qualidade e conseguem oferecer estampas como madeira, granito e outro.

Os cuidados são os mesmos do mármore: limpeza diária e uma solução de água com detergente em um pano úmido.

As diferenças de pisos conseguem indicar qual é a melhor opção para cada ambiente da casa e a melhor forma de limpeza.

Quer receber mais dicas como essas? Então, assine a nossa newsletter!