Não é de hoje que o minimalismo deixou de ser exclusivo da moda. Atualmente, este estilo faz parte da decoração de várias casas e tem tudo a ver com quem busca por um estilo de vida mais clean, com objetos funcionais e sem excessos.

Nesse artigo, vamos dar diversas dicas para você, que deseja criar um ambiente mais minimalista. Confira!

 

Como criar uma decoração minimalista?

Se o seu objetivo é mudar para minimalista toda a decoração da sua casa ou de apenas um ambiente, alguns passos devem ser tomados. Eles são:

– Selecione: deixe no ambiente somente aquilo que é funcional e que traz sentimento de bem-estar. Se não se enquadrar neste quesito, retire do ambiente o quanto antes! Uma dica básica é abrir mão daqueles objetos que ficam a vista, mas que não possuem funcionalidade.

– Limpe: após selecionar quais itens são funcionais e quais não são, faça uma limpeza total. Troque a pintura, retire o mobiliário sem função lógica e elimine os excessos do ambiente.

– Planeje: agora que o ambiente está limpo, você pode deduzir onde cada item da nova decoração vai. Escolha um espaço para cada móvel, priorizando a funcionalidade, a fluidez e as medidas adequadas. Use e abuse de produtos que otimizam o espaço, aproveitando ao todo o espaço interno da mobília, já que no minimalismo prevalecem as superfícies sem muitos objetos, lembre-se, minimalismo é clean.

– Organize: agora que tudo está planejado, guarde os itens “desnecessários” dentro dos outros móveis, de forma que fique fácil para acessá-los. Mas não se esqueça, deixe no ambiente só o que fará parte do lugar, nada de vários objetos na decoração.

– Decore: para os objetos que ficaram, não se esqueça, eles terão que oferecer bem-estar e funcionalidade. Por isso, mesmo que seu ambiente só tenha um item que chame a atenção, ele deve ser o destaque do lugar, transmitindo tranquilidade, personalidade e relaxamento.

 

Materiais e Cores

Se você seguiu os passos que citamos acima, este tópico é essencial para você! Quando falamos de minimalismo na decoração, alguns materiais devem ser indicados, uma vez que os mesmos passam uma sensação de simplicidade e ligação com a natureza, desta maneira combinando com todo mobiliário que você escolheu. Veja alguns exemplos:

– Madeira;

– Couro;

– Papel;

– Aço;

– Cobre.

Mas os detalhes minimalistas não param por aí, em questão de revestimento, as cores mais utilizadas são os tons neutros, como preto, branco e cinza. O cimento queimado também é uma excelente alternativa.

Mobiliário

Se você não sabe quais itens usar, vamos te dar uma dica abrangente, mas que ajudará você na escolha dos móveis.

No minimalismo, cada objeto é parte essencial da decoração, seja uma peça de design ou móvel simples, por isso, é fundamental que os objetos tenham funcionalidade e durabilidade.

Os itens mais requisitados são aqueles sem muitos detalhes ou ornamentos. Portanto, dedique-se à peças com linhas retas, com pouca estampas e em cores neutras. Dessa forma você consegue trazer elegância e atemporalidade para a sua decoração.

Para valorizar os mobiliário e os espaços livres do minimalismo, é importante criar a iluminação adequada.

A decoração minimalista é uma das queridinhas do momento, e, se você quer saber mais sobre este estilo de decoração ou vários outros, confira os outros artigos que disponibilizamos em nosso blog.