A luz é um elemento de grande importância para a decoração do lar. Além de nos permitir enxergar quando a luminosidade natural é baixa, ela permite criar ambientes charmosos e dar um toque especial aos espaços. A iluminação indireta é uma ótima alternativa para quem deseja usar a luz com suavidade e sofisticação.

Quer aprender como usá-la no seu lar? Confira nossas dicas neste artigo!

O que é iluminação indireta?

Para saber como fazer uso da iluminação indireta, é preciso, primeiramente, entender o que ela é e quais as diferenças para as outras modalidades.

A luz indireta — também conhecida como rebatida — é quando o foco é direcionado a uma superfície opaca e a luz é refletida em diferentes direções. Dessa forma, você não vê a lâmpada (como acontece na iluminação direta), mas a sua luminosidade, o que acaba conferindo uma sensação de aconchego, perfeito, por exemplo, para o quarto do bebê e do casal.

Não deve ser confundida com a luz difusa, em que a lâmpada fica atrás de um difusor semitransparente (geralmente de plástico ou vidro), espalhando a claridade sem um foco demarcado.

Como usá-la na decoração?

O primeiro passo para usar a iluminação indireta na decoração é saber qual o efeito que você deseja causar no ambiente. Se a proposta está em criar um efeito no teto (para chamar a atenção para seu belíssimo lustre, por exemplo), você pode embutir luzes em sancas ao redor da peça na sala de jantar.

Outra opção interessante é usá-la para complementar o paisagismo do apartamento, seja no cantinho zena na varanda ou na parede verde do living. O contraste fica ainda mais bonito quando temos uma decoração em tons claros e o escuro das folhas, com lâmpadas amarelas ou âmbar.

Sua galeria de arte também pode se beneficiar da luz indireta. Na hora de expor quadros (que podem se deteriorar sob o foco direto das lâmpadas), que tal criar um lindo efeito com um nicho iluminado de forma indireta, fazendo as peças saltarem aos olhos? Pode ser o toque dramático de que sua sala precisava para deixar as visitas de queixo caído!

Na cozinha também é possível fazer uso da luminosidade rebatida, deixando o ambiente com um ar super luxuoso. Fica lindo atrás da parte inferior dos armários, iluminando o backsplash (revestimento da parede atrás da pia e do fogão) e a bancada de mármore.

Qual a importância do projeto luminotécnico?

Para poder usufruir de todos os benefícios da iluminação, é importante poder contar com que entende do assunto. Por isso, não corra riscos desnecessários no projeto luminotécnico. Pegue todas as suas ideias e propostas e procure um arquiteto ou decorador para ter a certeza de que o resultado será impecável.

Ele saberá os melhores materiais, fornecedores e, inclusive, terá acesso à mão de obra qualificada para uma execução rápida e sem dores de cabeça.

Como você percebeu, a sua imaginação é o limite. Agora que você já sabe o que a iluminação indireta pode fazer pela sua casa, aproveite para observar cada cômodo e descobrir o que você pode fazer para deixá-lo ainda mais bonito e sofisticado.

Está a procura de um novo lar em um condomínio exclusivo e perto do verde, mas próximo a tudo de bom que Goiânia oferece? Entre em contato com a EuroAmérica e descubra o que podemos fazer por você!