É natural desejarmos uma casa segura e confortável para morar, ainda mais em uma época em que as preocupações com a segurança e o bem-estar familiar precisam ser constantes devido ao aumento da violência nos grandes centros urbanos.

Mas, nem tudo está perdido, não é mesmo? Ao adotar hábitos simples, você pode viver com mais tranquilidade, garantindo a segurança da sua casa e das pessoas que você ama. Vamos conferir quais são eles?

1. Usar a tecnologia a seu favor

Se habituar ao uso de tecnologias pode ser um excelente hábito para começar. Afinal, a cada dia são desenvolvidos dispositivos que podem ser usados como verdadeiros “vigilantes”.

Os alarmes, por exemplo, são excelentes aliados. É só não se esquecer de ligá-lo antes de sair de casa.

As câmeras de segurança também são ótimas opções. Atualmente, existem no mercado modelos que podem se encaixar em diferentes orçamentos e necessidades — há até mesmo equipamentos que filmam com pouca luz. A grande vantagem das câmeras é que você poderá ter acesso remoto a tudo que está acontecendo na sua casa em tempo real.

2. Ficar atento ao entrar em casa

Ter atenção ao chegar em casa é fundamental. Imagine a seguinte situação: você chegou do supermercado e, sem querer, esquece a garagem aberta enquanto descarrega as compras.

Parece bobagem, mas esse simples descuido pode prejudicar sua segurança. É comum ladrões se aproveitarem de situações corriqueiras para entrar pela porta da frente. Por isso, esteja atento.

Não se esqueça de verificar também quem são os prestadores de serviço que visitam a sua casa, observando se realmente é a pessoa que você contratou.

Investir em cadeados, trincas e portas que dificultam a entrada de estranhos também é válido para aumentar a segurança. Por fim, antes de sair de casa, verifique se todas as janelas, quartos e demais ambientes estão fechados.

3. Verificar o que pode ser visto por fora da sua casa

Procure prestar atenção em tudo o que pode ser visto por fora da sua casa. Essa atitude vai diminuir o interesse dos ladrões que preferem investir tempo em lugares mais certeiros.

Isso pode ser feito observando sua casa por fora e anotando tudo o que você consegue ver. Não tem problema algum em ter uma TV de 60 polegadas no meio da sala, contudo, tente ser discreto e não chamar atenção. Usar cortinas nas janelas pode ser uma boa ideia, já pensou nisso?

4. Observar a presença de estranhos nas proximidades

Provavelmente, você já ouviu esse conselho quando criança. Mas o hábito de ter cuidado com estranhos deve ser mantido e utilizado em outros momentos da vida.

Se você perceber que próximo da sua moradia tem tido algum tipo de atividade estranha ou alguma pessoa suspeita, o melhor é procurar ajuda imediatamente (inclusive da polícia).

5. Manter um bom relacionamento com os vizinhos

Quando o assunto é segurança, toda ajudinha é bem-vinda, não é mesmo? Então, valorize o poder de uma boa vizinhança.

Tenha uma relação cordial com seus vizinhos e você vai perceber que, por todos quererem que o bairro seja seguro, a sua casa passa a ser mais vigiada também.

6. Redobrar os cuidados ao viajar

A sensação de que a casa está vazia pode chamar a atenção da pessoa errada. Por isso, uma das soluções mais indicadas é deixar alguém para tomar conta da casa por você.

Essa pessoa pode ser um parente, amigo ou vizinho. Peça a ela para regar as plantas, acender as luzes, abrir portas e janelas, recolher as correspondências ou qualquer outra atividade de rotina que possa dar a impressão de que você não está ausente.

Agora, se você é uma pessoa que coloca a segurança acima de qualquer coisa, considere morar em um apartamento em um condomínio fechado. Esse tipo de imóvel oferece a maioria das medidas de segurança necessárias, planejadas para o bem-estar do conjunto de moradores.  

Viu como é fácil tornar a sua casa segura? Colocando em prática esses hábitos, certamente você vai conseguir aumentar a sua segurança e também a dos seus familiares e amigos.

Se você gostou do texto, não deixe de conferir este outro post que também traz dicas importantes sobre segurança e bem-estar. Nos falamos por lá!